Padrões Web

  • O que são os Padrões Web?

    Padrões Web é um conjunto de normas, diretrizes, recomendações, notas e artigos de caráter técnico, produzidos pelo W3C e destinados a orientar fabricantes, desenvolvedores e projetistas para o uso de práticas que possibilitem a criação de uma Web acessível a todos, independentemente dos dispositivos usados ou de suas necessidades especiais.

  • O que é W3C?

    O World Wide Web Consortium (W3C) é um consórcio internacional com cerca de 300 membros, que agrega empresas, orgãos governamentais e organizações independentes, e que visa desenvolver padrões para a criação e a interpretação de conteúdos para a Web.

    Foi fundado por Tim Berners-Lee em 1994 para levar a Web ao seu potencial máximo, por meio do desenvolvimento de protocolos comuns e fóruns abertos que promovam a sua evoluçõo e assegurem a sua interoperabilidade. Sites desenvolvidos segundo esses padrões podem ser acessados e visualizados por qualquer pessoa ou tecnologia, independente dos hardware ou software utilizados.

    Para alcançar seus objetivos, o W3C possui diversos comitês que estudam as tecnologias existentes para a apresentação de conteúdo na Internet e criam padrões de recomendação para utilizar essas tecnologias. Com a padronização, os programas conseguem acessar facilmente os códigos e entender onde deve ser aplicado cada conhecimento expresso no documento.

    É um dever de todo o desenvolvedor Web respeitar e seguir os padrões de acessibilidade do W3C, pois de outro modo poderá impor barreiras tecnológicas a diversas pessoas, desestimulando e até mesmo impedindo o acesso a suas páginas.

  • Acessibilidade Web

    O termo Acessibilidade Web refere-se a prática de fazer websites que possam ser utilizados por todas as pessoas, sejam portadoras de deficiências ou não. Quando os sites são corretamente concebidos, desenvolvidos e editados, todos os usuários podem ter igual acesso à informaçõo e funcionalidade.

  • Leitores de tela

    O leitor de tela é um software usado para obter resposta do computador por meio sonoro, usado principalmente por deficientes visuais.Também pode ser usado apenas para uma maior eficiência e conforto do usuário.

    Entre os programas disponíveis para deficientes visuais estão:

  • Interoperabilidade

    Na área de tecnologia, interoperabilidade refere-se a capacidade de sistemas heterogêneos interagirem, de maneira que essa comunicação permita uma permuta de informações através de processos e métodos transparentes baseado em padrões abertos. Sistemas interoperáveis garantem um fluxo inteligente da informação, uma vez que todos os seus dados tornam-se portáveis. Para garantir a interoperabilidade de um sistema, é necessário fazer uso de padrões abertos de permuta de dados, dentre esses padrões um dos mais adotados internacionalmente é o JSON.

    JSON

    JSON (do inglês Javascript Object Notation, ou Notação de Objetos Javascript) é um padrão aberto para permuta de dados entre sistemas. Este é considerado um padrão ideal para troca de informações por ser um formato de arquivo leve, fácil de ler e escrever por humanos e de rápida interpretação por máquinas. Visando atender o artigo 8º (§3, III) da Lei Nº 12.527, de 18 de novembro de 2011, segue o manual de interoperabilidade com os padrões adotados para esta homepage.

    Manual Técnico - JSON